segunda-feira, 14 de agosto de 2006

Os silêncios



Ando dentro dos silêncios
Amachuco as palavras
Que me morrem nos lábios

Os silêncios são a rotina
Que as palavras não quebram
Esgotadas e esquecidas

Tenho medo!
Das palavras
Tenho medo
Dos silêncios!