terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Tem dias


Tem dias que a casa se abre com ansiedade,
quando o sol desponta,
e ilumina as paredes brancas,
com a sua luz crua e morna.

É hora de desligar a noite,
e sair da letargia que o corpo se impõe,
num despertar acossado,
mas necessário e terapêutico.

E é a esse novo dia que tenho de agradecer
e se o meu suspiro não se ouve,
o meu olfacto aguçado ainda pressente,
que a casa ainda mantém o teu perfume.

©Piedade Araújo Sol 2021-12-06
Imagem : Ruslan Bolgov

Etiquetas: , ,

22 Comentários:

Blogger Marta Vinhais disse...

Há dias em que a casa se alegra, fica cheia de cor e sorri...
Sorrimos também e abraçamos o Mundo...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger (CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

A vida começa todos os dias. Descansa em escuridão, e desperta em aurora. Muito lindo!

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger © Fanny Costa disse...

E a noite sempre nos traz o dia, assim como a fé, a esperança de um novo porvir. Saibamos escolher o que realmente perfuma a nossa essência.
Beijinhos 😘

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger Elvira Carvalho disse...

Há dias em que a casa se transforma com os sentimentos dos seus moradores.
Abraço e saúde

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Que poema tão bonito! Obrigada pela partilha!

*
Numa cor imaginária elevo meu coração
*
Beijo e um excelente Dia!

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger " R y k @ r d o " disse...

Imagem e poema, deslumbrantes de ver e ler
.
Saudações natalícias
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger Porventura escrevo disse...

Os dias sao todos iguais na sua diferença. Cabe nos dissecar a essencia de cada um
😀

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger brancas nuvens negras disse...

Um novo dia pode trazer a memória de alguém ou limpar alguém da nossa memória.
Um abraço.

terça-feira, 07 dezembro, 2021  
Blogger Rogério G.V. Pereira disse...

Belo, muito belo
Invejo
não ter sido eu
a escreve-lo!

quarta-feira, 08 dezembro, 2021  
Blogger Maria João Brito de Sousa disse...

"Tem Dias" belos, como este poema, Piedade.

Um beijo!

quarta-feira, 08 dezembro, 2021  
Blogger partilha de silêncios disse...

Lindo o seu poema. É reconfortante mantermos vivas as memórias dos que tanto amamos. Uma semana Feliz
bjs

quarta-feira, 08 dezembro, 2021  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde Piedade,
Tem dias em que abrimos o coração ao sol, ao novo dia e reavivamos as memórias.
Belíssimo poema. Adorei.
Beijinhos e saúde.
Ailime

quarta-feira, 08 dezembro, 2021  
Blogger Mário Margaride disse...

Boa tarde, amiga Piedade.
Há de facto dias assim. Onde o nosso corpo cansado, pede relaxamento e tranquilidade, para se reerguer e continuar seu caminho.

Belo poema!
Continuação de boa semana.
Beijinhos!

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

quinta-feira, 09 dezembro, 2021  
Blogger Toninho disse...

Há dias assim Sol, dias de pura depuração, que faz este elegante poema.
Um show de inspiração.
Beijo

sexta-feira, 10 dezembro, 2021  
Blogger Jaime Portela disse...

Há perfumes que não se esvaem...
Belíssimo poema, gostei muito.
Bom fim de semana, querida amiga Piedade.
Beijo.

sexta-feira, 10 dezembro, 2021  
Blogger São disse...

Um muito bom poema com uma bela ilustração!

Te abraço com voto de alegre quadra festiva!

sexta-feira, 10 dezembro, 2021  
Blogger ruma disse...

Feliz Natal. E feliz Ano Novo.

Desejo a todos o melhor.
Saudação e abraço.

Do Japão, ruma ❃

sábado, 11 dezembro, 2021  
Blogger AC disse...

É bonito, gostei do encadeamento das palavras. Mas, cá para mim, acho que é hora de arejar a casa, Piedade. Capice? ;)

Um beijinho :)

sábado, 11 dezembro, 2021  
Blogger Fê blue bird disse...

Tem dias que só perfume da saudade nos consola e aconchega.

Como eu sei!
Um beijinho Piedade.

domingo, 12 dezembro, 2021  
Blogger Mário Margaride disse...

Olá, amiga Piedade.
Passando por aqui, relendo este excelente poema que muito apreciei, e desejar uma óptima semana, com muita saúde.
Beijinhos!

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

domingo, 12 dezembro, 2021  
Blogger Agostinho disse...

Olá, Amiga Piedade
Triste mas esperançoso o poema
chega sempre na hora certa

O corpo tem horas e dias
que responde ao relógio
infalível nos ponteiros
da alternância

Se a noite lhe deu cansaço
dê-se-lhe dia desde
o alvorecer

Se houver um suspiro
profundo ao contrário
no abrir da porta-
da há-de notar-se
a chegada ao dorso o
contorno do aroma do lume
a levantar-se


Bj.

segunda-feira, 13 dezembro, 2021  
Blogger NASSAH disse...

Poema bello

quinta-feira, 16 dezembro, 2021  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial