terça-feira, 20 de julho de 2021

Vai e leva

 

Leva
A noite embrulhada na bruma,
do dia que a precedeu,
e de  todos os seus encantos e desencantos,
e faz com que as estrelas dancem,
na outra noite que há-de vir,
e onde os meus sonhos se irão,
ressuscitar em ti ou em mim.

Leva
A ressaca das ternuras,
amealhadas em tempo e labareda,
em serenidade e descrença,
em ciúmes ensombrados de alienação,
em promessas que não foram feitas,
e onde as palavras se esqueceram,
de saber.

Leva
A convulsão dos corpos quentes,
no deslumbramento das marés,
na  praia conivente de noites,
que não souberam acontecer,
e não quiseram perdurar,
à revolta das algas que o mar,
às areias enjeitou.

Leva
Tudo – porque o tudo
É tão pouco – ou quase nada.
.
©Piedade Araújo Sol 2013-07-16
Imagem : Mariesol Fummy

Etiquetas: , , ,

19 Comments:

Blogger Agostinho said...

"Regresso para mim / e de mim falo / e desdigo de mim / em reencontro"
(mariateresahorta)
Muito bom, Piedade.
Beijo.

os pontos
um por um:


Retorno para mim
e em mim toda
desencontro já o meu regresso

MARIA TERESA HORTA

In " MINHA SENHORA DE MIM "

terça-feira, 20 julho, 2021  
Blogger - R y k @ r d o - said...

........ LEVA .......

O meu aplauso e elogio por tão sublime poema. A música de fundo é encantadora.
.
Cumprimentos
Cuide-se
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

terça-feira, 20 julho, 2021  
Blogger Marta Vinhais said...

O tudo pode transformar-se no nada... rapidamente...
E nem o Mar escapa...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 20 julho, 2021  
Blogger brancas nuvens negras said...

É assim que nos levam tudo e não aprendemos com a experiência.
Um abraço

terça-feira, 20 julho, 2021  
Blogger Cidália Ferreira said...

Fabuloso poema. Parabéns. Obrigada pela partilha! :)
--
Carreguei-te num ventre de amor
-
Beijo, e uma boa tarde.

terça-feira, 20 julho, 2021  
Blogger Porventura escrevo said...

Quanta sensualidade e necessidade de criaçâo poetica
:)

quarta-feira, 21 julho, 2021  
Blogger São said...

E será que nada fica quando tudo se leva?

Beijinho, boa noite

quinta-feira, 22 julho, 2021  
Blogger lis said...

Bom vir te ler nesse 'tons de maresia'
Escreves tão bonito Pit e me deixa a imaginar nos sonhos a ressuscitar _ são tantos que naturalmente foram já levados faz um tempinho rs.
Perfeito, amiga

quinta-feira, 22 julho, 2021  
Blogger Juvenal Nunes said...

Gostei do poema, que se desenvolve numa evocação de impressões, que as flutuações da vida fazem mais impressivas ou indiferentes.
Pareceu-me um texto denso e consistente.
Abraço poético.
Juvenal Nunes

sexta-feira, 23 julho, 2021  
Blogger Ailime said...

Bom dia Piedade,
Um poema belo e intenso em que as emoções falam por si.
Gostei imenso.
Um beijinho e bom fim de semana.
Ailime

sexta-feira, 23 julho, 2021  
Blogger Elvira Carvalho said...

Às vezes o tudo é apenas isso. O nada.
Abraço, saúde e bom fim de semana

sábado, 24 julho, 2021  
Blogger José maria said...

Hola Piedade, precioso poema.
Que tengas un buen fin de semana.
Un abrazo.

sábado, 24 julho, 2021  
Blogger Dan André said...

Ola Piedade, bom dia querida !

Nossa, que poesia forte e envolvente. As paixões por si só, nos levam tudo, e o aprendizado que é bom, quase sempre esquecemos rs.

Amei.
Abraços, e desejo um lindo dia !

Dan
https://gagopoetico.blogspot.com/

sábado, 24 julho, 2021  
Blogger Jaime Portela said...

Um excelente poema, bem emoldurado pela imagem, que foi uma boa escolha.
Bom fim de semana, amiga Piedade.
Beijo.

sábado, 24 julho, 2021  
Blogger Ulisses de Carvalho said...

"e muito pra mim é tão pouco
e pouco é um pouco demais..."

um beijo, Piedade.

sábado, 24 julho, 2021  
Blogger manuela barroso said...

Que belíssimo poema com as inquietações e vulnerabilidades do que é estar aqui!Tanfas vezes o tanto que temos se faz tao pouco ,Pi.
Um grande beijinho e " te cuida"

segunda-feira, 26 julho, 2021  
Blogger manuela barroso said...

Que belíssimo poema com as inquietações e vulnerabilidades do que é estar aqui!Tanfas vezes o tanto que temos se faz tao pouco ,Pi.
Um grande beijinho e " te cuida"

segunda-feira, 26 julho, 2021  
Blogger Graça Pires said...

É bom quando, em jeito de entrega, deixamos que levem tudo, como se o tudo fosse nada. Mas fica o essencial nesse desapego tão sentido...
Lindíssimo poema, minha Amiga Piedade.
Continue a cuidar-se.
Uma boa semana.
Um beijo.

segunda-feira, 26 julho, 2021  
Blogger Micaela Santos said...

Que lindas palavras, que belo poema!
Gostei muito!

Beijinhos

quarta-feira, 28 julho, 2021  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial