terça-feira, 20 de junho de 2017

O garrote do fogo

MIGUEL VIDAL
no meio de tanta tragédia
não há palavras possíveis
hoje só uma imensa tristeza
tomou conta de todos nós…

©Piedade Araújo Sol 2017-06-18

17 Comentários:

Blogger Agostinho disse...

Que merecemos nós
se vivemos à sorte?
Que adiantam as palavras
na nitidez do silêncio da voz?
Ouve-se o estampido da morte.

Bj.

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Cidália Ferreira disse...

As palavras deram lugar à tristeza profunda.

Beijos

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Fá menor disse...

Uma tristeza enorme nos aperta o peito e nos sufoca a voz.

Bjs

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Rogerio G. V. Pereira disse...

Falas de tristeza, poeta
mas acho que seria raiva
a palavra mais certa

raiva, pela incúria
raiva, pelo conhecimento da existência de redes criminosas que criaram as condições para o drama

Pois não é verdade que o homem, quando quer, doma a natureza? Ou lhe minimiza a fúria?

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Marta Vinhais disse...

Fica uma dor surda... que nos abraça, nos sufoca...
E, fica também a raiva...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Mar Arável disse...

Não é inevitável provocar a natureza
Há florestas que resistem ao fogo.
Não se trata de uma questão técnica mas de ausência de políticas
que se definem nas urnas eleitorais

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Graça Sampaio disse...

Uma tristeza sem fim, uma dor sem alma...

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Majo Dutra disse...

Em sintonia com o pasmo e a dor nacional...
Porém, hoje algumas considerações podem se pronunciar.
As pessoas minimizam o perigo do fogo desenfreado.
Que Deus acolha os mortos e seja piedoso com os feridos.
Beijinhos
~~~~

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Elvira Carvalho disse...

Tristeza, dor, raiva, impotência.

Abraço

terça-feira, 20 junho, 2017  
Blogger Luis Eme disse...

Há palavras, mas são feias... e tristes.

abraço Piedade

quarta-feira, 21 junho, 2017  
Blogger Os olhares da Gracinha! disse...

O olhar magnífico encerra muita tristeza!!! Bj

quarta-feira, 21 junho, 2017  
Blogger Victor Barão disse...

É tristemente inaudito o que se vem a passar a este incendiário nível desde há décadas, com uma presente expressão para a que faltam e à vez sobram palavras, de facto.

:-(

quinta-feira, 22 junho, 2017  
Blogger artista sem pena disse...

Sinto por todos que se foram, e pelos que ficaram e sofrem!
Força e um abraço!

sexta-feira, 23 junho, 2017  
Blogger Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Essas imagens
trazem sofrimento e
a certeza do quanto somos vulneráveis.
Aqui no meu estado Espirito Santo/Sudeste do Brasil, famílias sofrem com perdas
de familiares por conta de um acidente
com um ônibus e o fogo deu cabo
de muitas vidas.
Nada se compara a dor de Vcs em seu país.
Alias nada se compara a dor de perdas.
Bjins
CatiahoAlc.

sábado, 24 junho, 2017  
Blogger Graça Pires disse...

Ficamos em silêncio, Piedade. São tão inúteis, agora, as palavras...
Um beijo.

sábado, 24 junho, 2017  
Blogger Jaime Portela disse...

Uma imensa tristeza, dizes bem.
Bom fim de semana, querida amiga Piedade.
Beijo.

sábado, 24 junho, 2017  
Blogger Pedro Sampaio disse...

Palavras para isto não há!

domingo, 25 junho, 2017  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial