terça-feira, 22 de outubro de 2019

E


E caíram pingos de chuva...
e ficou um cheiro de terra molhada..
minhas mãos tentaram agarrar um pouco do arco-iris...
e ficou-me este poema...

©Piedade Araújo Sol 05 outubro, 2005
imagem: Mikeila Bórgia

9 Comentários:

Blogger Marta Vinhais disse...

Que tem as cores do arco-íris....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 22 outubro, 2019  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Muito bom :)!!

Passando para desejar boa noite!

Beijos! :)

terça-feira, 22 outubro, 2019  
Blogger Gil António disse...

Olá:- Ficou e ficou muito bem. Poema de uma sensibilidade elogiável.
.
POEMA ** A criança, a chuva, a liberdade **
.
Desejando uma semana feliz

quarta-feira, 23 outubro, 2019  
Blogger Agostinho disse...

Como convém
a copulativa à mão...
Uma benção
a chuva que cai na cama
fofa e quente e fértil
E do poema que dorme
há-de renascer vivo...
em todas as cores

Bj, Piedade

quarta-feira, 23 outubro, 2019  
Blogger Mar Arável disse...

Nas mãos uma vida inteira
Bj

quarta-feira, 23 outubro, 2019  
Blogger Jaime Portela disse...

Belas palavras. E foto.
Piedade, um bom fim de semana.
Beijo.

sexta-feira, 25 outubro, 2019  
Blogger Ricardo Valério disse...

Olá:- Ficou o poema e ficou muito bem, visto que, poeticamente é perfeito
.
^^^ Exausta Saudade ^^^
.
Tenha um Sábado feliz

sábado, 26 outubro, 2019  
Blogger Graça Pires disse...

E a chuva e o cheiro da terra molhada vieram ter comigo juntamente com as suas palavras…
Uma boa semana, minha Amiga Piedade.
Um beijo.

segunda-feira, 28 outubro, 2019  
Blogger José Carlos Sant Anna disse...

Nas mãos...
um cheiro de terra molhada
o enriquecimento de seiva
de doçura, de esperança...

Beijinhos,

quinta-feira, 31 outubro, 2019  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial