terça-feira, 4 de julho de 2017

....

Katerina Plonikova

era apenas um corpo em fuga,
ensaiando um bailado,
em ritual de imprevistos,
totalmente adverso a todas as margens,
em seu redor,

e fios secretos desfiavam momentos,
dentro do lume dos enigmas,
que derrapavam,
na inquietude do instante,
feito corpo, feito fuga,

a melancolia atravessa agora as paredes brancas
da casa
pousa suavemente o olhar sobre a noite gerada
e o vento treme sobre as folhas
dos plátanos da praça.

só o rio, que tão perto estava
extinguiria
o fogo que consumia a seda_______da pele
os sonhos concluídos.

na outra margem os barcos fundeados vertiam lágrimas
que encalhavam no mar.

© Piedade Araújo Sol

Nota: Pode ler aqui 4 poemas ou apenas um
1-lendo normal e lê apenas um
2- lê só o lado direito que está em negrito
3-ler de baixo para cima só as estrofes do lado esquerdo
4-ler de cima para baixo só as estrofes do lado direito

17 Comentários:

Blogger Rogerio G. V. Pereira disse...

Não faças para mim
norteamentos de leitura

basta-me saber

que há lágrimas
a encalhar no mar
e que há barcos
a chorar

o resto
é tanto

terça-feira, 04 julho, 2017  
Blogger Elvira Carvalho disse...

De qualquer maneira que se leia, é um belo poema, cheio de sentimento.
Abraço

terça-feira, 04 julho, 2017  
Blogger Luis Eme disse...

Grande "ginástica" poética. :)

abraço Piedade

terça-feira, 04 julho, 2017  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!
Amei

Beijinhos

terça-feira, 04 julho, 2017  
Blogger Marta Vinhais disse...

De que forma for... sente-se a leveza das palavras e deseja-se o improviso....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 04 julho, 2017  
Blogger Agostinho disse...

Viva, Piedade
Não será preciso manual para se ler poesia. Não há fotogenia nas faces prontas a abordar: há um corpo inteiro que espera, evidente, à percepção subtil da leitura do sentir.
Basta-me a limpidez da imagem
"na outra margem os barcos vertiam lágrimas
que encalhavam no mar"
que preenche o espaço que há, entre o cá e o lá, num rio. De que lado se está, que margem há para se ser barco?


Bj

terça-feira, 04 julho, 2017  
Blogger Majo Dutra Rosado disse...

É necessário muito domínio de criatividade
e composição literária para conseguir esta
harmonia delicada e expressiva...
Há na proposta de leitura, algo lúdico que
encanta.
Gostei muito do texto poético e ilustração,
equilíbrios que se completam.
Beijos, notável poetisa.
~~~

quarta-feira, 05 julho, 2017  
Blogger Franziska disse...

A mi me ha resultado una lectura muy atractiva y he gozado de cuatro poemas muy bellos y llenos de emoción. Un abrazo. Franziska

quinta-feira, 06 julho, 2017  
Blogger Jaime Portela disse...

Um poema (ou vários...) muito bom, seja qual for a forma da sua leitura.
Bom fim de semana.
Beijo.

sexta-feira, 07 julho, 2017  
Blogger Rita Sperchi disse...

Nem precisa falar mais nada, só a
imagem diz tudo, um espetáculo.
Convido vc a me visitar e participar
da brincadeira que está rolando por la

`•.¸.•☆¸✿‿.•*´
Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

sábado, 08 julho, 2017  
Blogger Louraini Christmann - Lola disse...

Me vi naquele mar.
Me vi naquele bailado...

abraço
Lola

domingo, 09 julho, 2017  
Blogger Ana Freire disse...

Seja qual for a forma escolhida... resultará sempre um poema muito belo, Piedade!
Parabéns por esta criativa forma de apresentação... nestes poemas que se recriam, consoante a leitura escolhida...
Adorei! Beijinhos! Bom domingo!
Ana

domingo, 09 julho, 2017  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Palavras que encantam a alma, qualquer que seja a forma escolhida de ler.
Bom domingo
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

domingo, 09 julho, 2017  
Blogger José Carlos Sant Anna disse...

Penso que vejo a face clara desse poema nos invisíveis traços das suas imagens. Haja harmonia.
Um abraço

segunda-feira, 10 julho, 2017  
Blogger Graça Pires disse...

Um poema excelente, lido de que maneira for.
Uma boa semana.
Beijos.

segunda-feira, 10 julho, 2017  
Blogger Os olhares da Gracinha! disse...

O olhar é fantástico e a poesia inteligente e bela permite a leitura deste modo!
Bj

segunda-feira, 10 julho, 2017  
Blogger O Árabe disse...

Muito bom, Piedade! Ou melhor seria dizer: muito bons, todos os poemas! Boa semana, amiga.

segunda-feira, 10 julho, 2017  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial