terça-feira, 18 de abril de 2017

um esboço

Karen Hollingsworth
passeio os meus olhos com um afago sobre o teu cabelo
curto
olhas desinteressado um barco que navega no rio
e  eu preservo o teu olhar
num desenho por executar.

esquissos de ti
formas, cores e traços
em
estilhaços de sensações em contramão.

e o sorriso, o sorriso
o teu
envolto na brisa que descai no dia
tépido
timidamente,mas sem equívocos
arquivo-te num olhar (no meu).

já tenho motivos para voltar a pintar.

© Piedade Araújo Sol 2017.04.17

24 Comentários:

Blogger lis disse...

Os esboços! quantos são iniciados e nem sempre os definimos.E,deixados de lado ficam a espera de novas inspirações e motivos.
Belo poema Piedade Sol_ que tal voltarmos a pintar? também gostaria rs
meu abraço

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Luis Eme disse...

E passeias muito bem os olhos com palavras...

abraço Piedade

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Lindo, lindo!!

Beijinhos e uma excelente semana

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Pedro Luso disse...

Quantas vezes um simples olhar uniu duas pessoas, para um amor nunca imaginado.
Um abraço, Piedade.
Pedro

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Marta Vinhais disse...

E o dia fica cheio de cor... uma cor que navega no olhar....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Manuel Veiga disse...

de esquissos nada sei.
mas o poema é obra prima

gostei muito

beijo

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Fernanda Maria disse...

Momentos únicos guardados no coração para memória futura.
A pintura decerto vai-lhe fazer justiça.

Um beijinho Piedade

O Toque do coração

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger LuísM disse...

se é um 'esboço' o que será o sorriso...
arquivado ou emoldurado, que importa, se está vivo.
grande poema, piedade.
um beijo

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger manuela barroso disse...

Tantas vezes os esquissos são veios de água por onde passeia a imaginação , trazendo-nos poesias assim! :)
Beijinhos, Pi*

terça-feira, 18 abril, 2017  
Blogger Agostinho disse...

Quem pinta por certo sabe como jogar com a luz e a sombra. E colocar o motivo no plano adequado.
A poeta, no entanto, prefere refugiar-se na definição incerta dos esquiços para que a identidade fique velada (vedada) aos olhares indiscretos.
Bj.

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger Jose Leite disse...

Sublime... ao quadrado!

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger Os olhares da Gracinha! disse...

A pintura e a poesia sob olhares atentos de quem tem criatividade!!!
Gosto ... Bj

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger Sofia disse...

Gente que nos inspira de maneira tão sublime é a coisa mais linda...

Beijinho.

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Lindo poema Piedade! Tenho um amigo artista plástico e poeta. Chama-se Rodrigo de Haro, nascido na França, considerado um excelente pintor e um bom poeta. Ele diz que poetisa pintura e pinta poesia. Mas com relação à pintura, diz que gosta de ver as coisas, gravar em sua memória para depois pintar. Jamais pintou olhando o objeto e copiando à tela. O teu poema, Piedade, é isto: você passeia o olhar; fotografa com ternura e põe no papel as tuas sensações em forma de poesia. Está perfeito. Só uma palavra não entendi - "esquissos". Parabéns! Fazendo uma releitura -

Passeio os meus olhos sem
A intensão de ver bem,
Mas de te acariciar
Com o carinho do olhar.

Fotografei teu cabelo
Não para o ver, mas detê-lo
Na alma ao meu sentimento
Lá, ele tomou assento.

Ante ao cavalete, eu via
Na minha tela vazia,
Você diante de mim.

Piedade, que alegria!...
Fiz tua fotografia
Rosada, e os lábios carmim.

Grande Piedade!... Você é um amor. Minha gratidão pela partilha e oportunidade de brincarmos juntos. Cordialmente. Laerte.

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Lindo poema Piedade! Tenho um amigo artista plástico e poeta. Chama-se Rodrigo de Haro, nascido na França, considerado um excelente pintor e um bom poeta. Ele diz que poetisa pintura e pinta poesia. Mas com relação à pintura, diz que gosta de ver as coisas, gravar em sua memória para depois pintar. Jamais pintou olhando o objeto e copiando à tela. O teu poema, Piedade, é isto: você passeia o olhar; fotografa com ternura e põe no papel as tuas sensações em forma de poesia. Está perfeito. Só uma palavra não entendi - "esquissos". Parabéns! Fazendo uma releitura -

Passeio os meus olhos sem
A intensão de ver bem,
Mas de te acariciar
Com o carinho do olhar.

Fotografei teu cabelo
Não para o ver, mas detê-lo
Na alma ao meu sentimento
Lá, ele tomou assento.

Ante ao cavalete, eu via
Na minha tela vazia,
Você diante de mim.

Piedade, que alegria!...
Fiz tua fotografia
Rosada, e os lábios carmim.

Grande Piedade!... Você é um amor. Minha gratidão pela partilha e oportunidade de brincarmos juntos. Cordialmente. Laerte.

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Laerte



Fiquei deveras sensibilizada com as suas amáveis palavras e pelo soneto que o meu poema lhe inspirou.

A palavra esquissos (do francês esquisse) significa “os primeiros traços de um desenho, ou de uma obra, um esboço”.

Também poderá ser esquiços, talvez até esteja mais correcta para o português.

muito obrigada!

beijinho

:)

quarta-feira, 19 abril, 2017  
Blogger SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Valeu, Piedade! Creio que como engenheiro, na cadeira de Desenho à Mão Livre, faltei essa aula de esboços ou no curso secundário, perdi essa aula de Francês... Meu abraço terno e minha gratidão. Laerte.

quinta-feira, 20 abril, 2017  
Blogger Jaime Portela disse...

Guardamos muitos esboços com o olhar.
Principalmente do que mais gostamos.
Excelente poema, gostei imenso.
Bom fim de semana, amiga Piedade.
Beijo.

sexta-feira, 21 abril, 2017  
Blogger (CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Inspiradona... sempre.

sexta-feira, 21 abril, 2017  
Blogger Majo Dutra disse...

Arte descrevendo um processo amorosamente artístico...
Simplesmente... belíssimo!
Bom Domingo.
Abraço, Piedade.
~~~~~~~~~~~

domingo, 23 abril, 2017  
Blogger AC disse...

Um momento, um instantâneo, uma ideia que fica...
O labirinto da vida, aparentemente, recebeu mais uma peça, ainda que em esboço. Mas é assim, de esboço em esboço, que os contornos ganham forma, libertando a poesia.

Um beijinho, Piedade :)

domingo, 23 abril, 2017  
Blogger O Árabe disse...

Esboço? Que belo esboço, Piedade! Que facilidade tens, em pintar com as palavras! Boa semana, fica bem.

segunda-feira, 24 abril, 2017  
Blogger Graça Pires disse...

Desenhar com o olhar para não ficar presa à nostalgia de uma ausência... Muito belo, o poema, Piedade.
Uma boa semana.
Um beijo, minha Amiga.

segunda-feira, 24 abril, 2017  
Blogger Ana Freire disse...

Um esboço perfeito... de um momento e poema... perfeitos!...
Inspiração no seu melhor, Piedade!
Parabéns! Belíssimo trabalho!
Adorei!!! Beijinhos
Ana

quinta-feira, 27 abril, 2017  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial