terça-feira, 7 de março de 2017

O dia não é grande nem pequeno

Diggie Vitt

O dia
tem as cores que tem, e é livre
de as escolher, sem pedir permissão.
Por isso em dia pardo como hoje,
caminhei por aí a passear a melancolia,
por atalhos desconhecidos para mim,
perigosos e inacessíveis.

E, quando subi à escarpa mais alta
para avistar a cidade
entornei toda a melancolia
num papagaio de papel
e ela flutuou como se o dia
não finalizasse
e a noite nem chegasse.

O dia não é grande nem pequeno,
tem as horas que tem,
e é isso …

© Piedade Araújo Sol 2017-03-06

19 Comentários:

Blogger International Directory Blogspot disse...

Hello ! just an invitation to join us on "Directory Blogspot" to make your blog in 200 Countries
Register in comments: blog name; blog address; and country
All entries will receive awards for your blog
cordially
Chris
http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/


Olá! só um convite para se juntar a nós em "Directório Blogspot" para fazer o seu blog em 200 países
Registre-se em comentários: nome do blog; endereço do blog; e do país
Todas as entradas receberão prêmios para o seu blog
cordialmente
Chris
http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Para muita gente os dias parecem pequenos. Amei o poema.

Beijos

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Agostinho disse...

Bom dia, Piedade,
não há mal que sempre dure. Hoje o papagaio soltou-se sob um signo do radioso, Sol. O poema, felicíssimo,é atravessado por delicados e extremosos sentimentos. Perfeito na química e no efeito.

"O dia não é grande nem pequeno,/tem as horas que tem,/e é isso..." que a gente tem, atrevo-se a acrescentar.

Não é por necessidade da gente
que as horas se atrasam
ou apressam, nem
a força física do vento, nem
a química da naftalina dissipam
o bafio da capa que nos encharca
(a alma)
na persistência brumosa da melancolia.

Bj.

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Sofia disse...

Realmente os dias melancólicos parecem - me sempre intermináveis...

Belíssimo poema, Piedade.:)

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Marta Vinhais disse...

Há dias em que o tempo voa... Outros são muito pesados...
Mas há sempre uma hora em que tudo se transforma....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Rogerio G. V. Pereira disse...

...e é isso
antes não fosse,
por vezes
seria bom parar o tempo
nem que fosse só por um momento

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Luis Eme disse...

Pois é...

mas fica mais bonito com as tuas palavras.:)

abraço Piedade

terça-feira, 07 março, 2017  
Blogger Elvira Carvalho disse...

Com o devido respeito, faço meu o comentário do Luís
De mulher para mulher, deixo o meu abraço.
Feliz dia Pi.

quarta-feira, 08 março, 2017  
Blogger VILMA PIVA disse...

Piedade querida, que lindo poema!!! Me identifiquei.

Tem dias que são assim...
opacos, sem funduras sob meus olhares....

São dias estagnados, dias sem cores,
dias em que os relógios parecem não andar...

E por um momento..... eu silencio
e flutuo sobre brancas nuvens !

Beijos,
Vilma

quarta-feira, 08 março, 2017  
Blogger Fernanda Costa disse...

Bom dia!

Meu nome é Fernanda Alves, eu falo em nome da Lionshome. Estou entrando em contato com você, pois estamos analisando blogs para fazerem parte de nossa Rede de Blogs e o seu blog foi selecionado.

Nós gostamos bastante do conteúdo da sua página e temos certeza que nossos usuários vão gostar e se informar mais.

Só explicando um pouco melhor sobre a LionsHome, nós somos uma Startup localizada em Berlim que durante seus dois anos de vida vem crescendo rapidamente.Recentemente lançamos nosso Website e estamos buscando Blogs com conteúdos interessantes e interativos para fazer parte da Rede LionsHome de Blogs.

Com a nossa rede de blogs você tem a oportunidade de adicionar uma pequena descrição sobre os seus posts ao nosso website através do RSS-feed, atraindo assim mais visitantes e leitores para o seu blog (quando os usuários clicarem em seu post são redirecionados para o seu blog). Caso você tenha interesse, essa participação é completamente gratuita, já que estamos entrando agora no mercado. A única coisa que pedimos em troca aos blogs da rede Lionshome é adicionar uma pequena logo nossa em sua página inicial assim que você se registrar.

O link para se inscrever é o seguinte:

http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/signup/

Se você quiser saber como funciona melhor nossa rede de blogs, pode visitar nosso website:

http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/all/

Qualquer dúvida, estou à disposição.

Abs,
Fernanda Costa

--
Fernanda Costa
Marketing & Community Manager
Phone: +49 030 120 534 090
Web: www.lionshome.com.br

Lionshome GmbH
Sophienstrasse 16
10178 Berlin

quinta-feira, 09 março, 2017  
Blogger Jaime Portela disse...

Se fôssemos nós a escolher as cores de cada dia, haveria mais guerras ainda...
Belíssimo poema, gostei muito.
Bom fim de semana, amiga Piedade.
Beijo.

sexta-feira, 10 março, 2017  
Blogger Gaby Soncini disse...

Que encanto que essas palavras me trouxeram!

Beijos!

sexta-feira, 10 março, 2017  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Mas há dias em que o tempo parece voar e outros que parece uma eternidade.
Maravilhoso poema e imagem
Beijinhos
Maria

sexta-feira, 10 março, 2017  
Blogger Majo Dutra disse...

Porém, o tempo é subjectivo, por isso,
os aparelhos para o medir são essenciais.
Um poema criativo e singular...
Abraço ~~~~~~~~~~~

domingo, 12 março, 2017  
Blogger Ana Freire disse...

São as circunstâncias, que marcam a duração dos nossos dias...
Os momentos felizes, parece que nunca duram... os momentos menos bons, sempre custam demais a passar...
Belíssimo poema, que aborda tão bem, essa relatividade do tempo...
Beijinhos! Bom domingo, Piedade!
Ana

domingo, 12 março, 2017  
Blogger Teresa Durães disse...

Resta-nos aceitar isso mesmo, os dias têm o tamanho que têm

domingo, 12 março, 2017  
Blogger AC disse...

Os papagaios de papel, quando lançados ao vento, sabem isso muito bem.
Mais um poema que nos enche, Piedade.

Um beijinho :)

domingo, 12 março, 2017  
Blogger Graça Pires disse...

Soltar a imaginação com o papagaio de papel para ficarmos com olhos de criança, a deixar que o dia seja fantástico tenha ele o tamanho e a cor que tiver...
Muito belo, Piedade.
Uma boa semana.
Um beijo.

segunda-feira, 13 março, 2017  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Fernanda Costa
obrigada pelo convite. mas por uma absoluta falta de tempo, não poderei aceitar.
:)

quinta-feira, 16 março, 2017  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial