terça-feira, 6 de setembro de 2016

...


saul landell
… e descansas o teu olhar lasso sobre a brisa da tarde, onde desembrulhas a saudade do tempo, ou do destempo de nós…e sobram apenas os nós dos desencontros nas curvas da vida ou na vida em contra curva a esfumar-se no horizonte e no entardecer …
©Piedade Araújo Sol

26 Comentários:

Blogger Agostinho disse...

NUm jogo de palavras em justa_posição a poeta discorre sobre caminhos da viagem. E fá-lo num velho recurso de três rodas de suspensão. Há reticências que dizem mais do que um cavalo a desfilar a toda a brida pelas folhas dos dias. Por isso se sentam pela gravidade no fim do tempo...
Bj, PS.

terça-feira, 06 setembro, 2016  
Blogger Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um trabalho fantástico com uma bela e bem trabalhada fotografia, gostei.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar

terça-feira, 06 setembro, 2016  
Blogger Marta Vinhais disse...

Um desfile de memórias e de saudades...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 06 setembro, 2016  
Blogger O Árabe disse...

Assim são os verdadeiros poetas! Tanto dizes,em tão poucas palavras! Boa semana, Piedade.

terça-feira, 06 setembro, 2016  
Blogger Luis Eme disse...

Uma brisa da tarde rara...

abraço Piedade

quarta-feira, 07 setembro, 2016  
Blogger Majo Dutra disse...

Gostei sobremaneira de apreciar
o teu talento poético nesta tocante prosa...
Um dia destes vou experimentar
a compor uma, pela primeira vez.
A saudade numa descrição muito bela...
~~~ Beijinho ~~~

quarta-feira, 07 setembro, 2016  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Texto fantástico!

beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

quarta-feira, 07 setembro, 2016  
Blogger Manuel Veiga disse...

a vida, de facto, não é uma linha recta.

beijo

quarta-feira, 07 setembro, 2016  
Blogger artista sem pena disse...

Isso mesmo!!

quinta-feira, 08 setembro, 2016  
Blogger Jaime Portela disse...

Magnífica prosa poética.
Na verdade, acho o teu texto um poema, apenas a forma é de prosa.
Piedade, tem um bom resto de semana.
Beijo.

quinta-feira, 08 setembro, 2016  
Blogger Mar Arável disse...

Bela foto
Bj

quinta-feira, 08 setembro, 2016  
Blogger Laura Ferreira disse...

gosto muito de te ler em prosa :)

sexta-feira, 09 setembro, 2016  
Blogger Fábio Murilo disse...

Poxa, triste ler tua escrita agora, me identifiquei. Mas é a vida e suas nuances. Seus instantes. Seus sabores, seus ais. Beijos, Sol.

sábado, 10 setembro, 2016  
Blogger Maré Viva disse...

Uma perfeita envolvência de palavras prenhes de sentimento e uma imagem que nos interroga sobre o porquê de tantos desencontros.
Um abraço e o meu obrigada pela visita.

sábado, 10 setembro, 2016  
Blogger ONG ALERTA disse...

Belo, bjbj Lisette.

sábado, 10 setembro, 2016  
Blogger Os olhares da Gracinha! disse...

Emoções ao rubro num belo registo! Bj

sábado, 10 setembro, 2016  
Blogger Toninho disse...

Uma bela fotografia para este momento de muita emoção e reflexão, que faz este mergulhar na fusão de cores.
Linda inspiração Piedade.
Bjs

domingo, 11 setembro, 2016  
Blogger VENTANA DE FOTO disse...

Hermosa composición con estupendas reflexiones y una luz ideal que proporciona el atardecer.

Besos

domingo, 11 setembro, 2016  
Blogger Jorge Lynce disse...

É só para dizer obrigado!

domingo, 11 setembro, 2016  
Blogger Suzete Brainer disse...

A vida e seus mistérios nos caminhos
retos e de curvas, mas a poesia é
assim um espelho que brilha a vida!...

Igualmente o seu belo voo poético
trazendo os espelhos em palavras...

Uma semana luminosa (feliz), Piedade!
beijinhos.

Ps: Grata pelo seu carinhoso comentário
(na prosa dedicada a minha mãe)...

segunda-feira, 12 setembro, 2016  
Blogger Monica Almeida disse...

O descanso também faz falta,mas é muito bom a gente aproveitar a vida ao máximo que podemos,excelente semana!!

segunda-feira, 12 setembro, 2016  
Blogger Graça Pires disse...

As palavras a deixarem que a Poeta as leve até onde deseja, num jogo maravilhoso e cheio de sentido... Muito bom, Piedade minha amiga.
Uma boa semana.
Beijos.

segunda-feira, 12 setembro, 2016  
Blogger Ana Freire disse...

Uma pura maravilha... que se a Piedade me permitir... qualquer dia, destacarei por lá no meu canto...
Já está na minha listinha... :-D
Beleza e nostalgia... num abraço poético muito belo, nesta prosa poética...
Beijinhos! Feliz e inspirada semana!
Ana

segunda-feira, 12 setembro, 2016  
Blogger O Árabe disse...

Boa semana, Piedade; aguardo o próximo post.

segunda-feira, 12 setembro, 2016  
Blogger José Carlos Sant Anna disse...

Um belo olhar na trajeto vertical da tarde. Soberanas as palavras da poeta. Uma bela tradução da poesia da imagem.
Beijo, Piedade!

quarta-feira, 14 setembro, 2016  
Blogger Henrique Caldeira dos Santos disse...

belíssimo, Piedade!
:)

sexta-feira, 28 outubro, 2016  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial