terça-feira, 24 de março de 2015

não era ainda o tempo

norvz austria
Para Graça Pires

não era ainda o tempo,
a noite gerará um novo dia
para que consigas
pousar os teus lábios no poema.

e sabes que é como uma nascente
que quando nasce brota água
a diferença é que não será água
mas apenas letras que encalham no papel.
talvez nem sempre tenham o esplendor de uma
alvorada incandescente
mas nem sempre tudo será rubro
alucinado de fogo em ascensão.
pode surgir do nada,
e a tua alma limpará as janelas sombrias
e as abrigará de novo dando guarida
ao novo cantar dos pássaros.
nascerá em  toda a ternura tresmalhada
e na inquietação em desordenação
que se prenderá nos relógios
do tempo e do poema.

©Piedade Araújo Sol 2015-03-20

25 Comentários:

Blogger Rogerio G. V. Pereira disse...

Poeta
Há ai um verso que não me escapa
e refere o poder ter nascido do nada

é que do nada nasceu
tudo o que existe
e o que ainda não aconteceu

terça-feira, 24 março, 2015  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Poema Fantástico
Amei


Beijo e um dia feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

terça-feira, 24 março, 2015  
Blogger Marta Vinhais disse...

Tudo surge do nada e torna-se no tudo...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

terça-feira, 24 março, 2015  
Blogger MARIPA disse...


Tu,és a nascente de onde brotam águas lisas, alvoradas feitas poemas.
O teu voar acompanha o voo dos pássaros e quando cantas palavras,
acontece beleza.

Beijinho amigo,querida Pi.

terça-feira, 24 março, 2015  
Blogger Agostinho disse...

Brilha como um diamante.
Que assim seja, Sol.

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Rita Freitas disse...

E aqui nascem letras belas como as nascentes :)

bjs

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Graça Pires disse...

Pousar os lábios no poema. O tempo é infinito mas a Poesia que aqui se escreve é infinitamente bela...
Um beijo, minha amiga.

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger (CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Essa é a poesia, Piedade. A inspiração. É uma fonte que não seca, e quando vem, vem mesmo, ninguém pode barrar. Parabéns. Beijos.

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Luis Eme disse...

a inquietação de um poema sem tempo...

abraço Piedade

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, nasceram letras no papel que juntas criaram o lindo poema que nasceu do nada.
AG

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Graça Pires disse...

Obrigada, minha Amiga, pelo carinho da dedicatória neste poema maravilhoso.
Um beijo.

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Elvira Carvalho disse...

O tudo é nada nesta vida e vice versa. Nós somos apenas o enfeite com que a vida gosta de se alindar.
Muito belo o poema.
Um abraço

quarta-feira, 25 março, 2015  
Blogger Majo disse...

~
~ ~ ~ ~ ~ B e l í s s i m o! ~ ~ ~ ~ ~

~ Uma privilegiada, a Graça Pires.

~ Aprecio, sobremaneira, esta poesia imagética,
mergulhada no fantástico, mas bastante coerente.

~ Gratíssima pelos bons momentos de leitura.

~~~~~~Bj~~~~~~~~~~~~~~~
~ ~ ~

quinta-feira, 26 março, 2015  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

MAjo

obrigada pela leitura.

a Graça merece este poema e muito mais.

Grata Majo!

:)

quinta-feira, 26 março, 2015  
Blogger Rita Sperchi disse...

É lendo e elogiando que a gente ve como a poesia é maravilhosa e eu te parabenizo por ela adorei


Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

quinta-feira, 26 março, 2015  
Blogger Rita Sperchi disse...

É lendo e elogiando que a gente ve como a poesia é maravilhosa e eu te parabenizo por ela adorei


Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

quinta-feira, 26 março, 2015  
Blogger Smareis disse...

Muito bela a poesia. Com certeza a Graça se sentiu privilegiada com os versos. Ela merece!
Um beijo e ótimo fim de semana!

sexta-feira, 27 março, 2015  
Blogger Fê blue bird disse...

Só de ti podem sair estas palavras e estes gestos.

Um beijinho às duas

sábado, 28 março, 2015  
Blogger Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Ahh querida,
que encantadora poesia!
Amo vir aqui sempre.
Aguardo você la no Espelhando.
Bjins
e lindo domingo.
CatiahoAlc.

domingo, 29 março, 2015  
Blogger Magia da Inês disse...

ه° ✿
Maravilhosa imagem poética... nascente: água, vida, sentimento, sensibilidade, poesia!...

Ótimo domingo!
Boa semana!
Beijinhos.
✿╮
╰✿✿ه° ✿

domingo, 29 março, 2015  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Belos versos desencalharam esse lindo poema...
Piedade, beijos!

domingo, 29 março, 2015  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema.
A poesia o tempo não leva, ela permanece para além do nós.
Beijinhos
Maria

domingo, 29 março, 2015  
Blogger Henrique Caldeira dos Santos disse...

o teu poema é o próprio tempo que gera a matéria, matéria que alimenta esperança
linda homenagem/dedicatória

terça-feira, 31 março, 2015  
Blogger Menina Marota disse...

Uma bela homenagem a Graça Pires.
Tenho por Graça Pires uma admiração, carinho e respeito por toda a Poesia que nos tem dado e que adoro, para além de ler, partilhar.

Um beijo a ambas.

quarta-feira, 08 abril, 2015  
Blogger Cristina Cebola disse...

Outro magnífico, onde repousei os olhos quase que em estado de meditação, e percebi que do nada nasceu tudo...

Beijinho Pi, beijinho Graça Pires merecedora da dedicatória...

sexta-feira, 01 maio, 2015  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial